Views

Histats

Vitrine

SQL Server 2014 - Vislumbrando Insights em Tempo Real - Unlocking Real-Time Insights




Não tenho dúvidas de que o SQL Server 2014 o ajudará aos analistas e usuários a abraçarem a próxima Era do Processamento em Nuvem que tanto ansiamos.

A nova versão do SQL Server 2014 foi concebida tendo em mente os princípios do processamento em nuvem. Este novo enfoque do SQL Server 2014 propiciará que os seus utilizadores Vislubrem Insights em Tempo Real.

Nossa jornada com o SQL Server 2014

Temos trilhado um caminho produtivo até a versão atual do SQL Server 2014.

- Há apenas 14 meses atrás recebemos o SQL Server 2012.

- Durante estes meses temos visto o avanço do portfólio desta plataforma de dados com:

A prévia do Windows Azure HDInsight,

Analisamos cases de sucesso de clientes Windows que utilizaram a versão Azure,

Versões do PowerPivot e do Power View para o Office 2013 pertencentes ao projeto de codinome Data Explorer no MS Excel,

Parallel Data Warehouse 2.0.

Tem sido uma época muito ocupada construindo uma plataforma de dados moderna, que capacite as empresas, desbloqueando a nossa percepção de termos insights em tempo real a partir de grandes volumes de dados.



Sim, um dos principais focos do SQL Server 2014, é o de ajudar as empresas a gerenciar os seus dados quase em tempo real. Medite em quão transformador pode ser ter uma capacidade real de obtermos insights sobre o nosso modelo de negócio.

O SQL Server 2014 baseia-se nas análises in-memória e no armazenamento de dados já apresentado no SQL Server 2012, ajudando os clientes a experimentar o valor do negócio em tempo real com uma plataforma familiar.

Fornecimento de capacidades de missão crítica por meio de novos cenários híbridos

Em tempo de grandes volumes de dados, aplicativos e dados vão depender um do outro como nunca antes. Como resultado, o desempenho de missão crítica e escala tem que ser parte de cada aplicação e solução, não apenas de um grupo seleto.

O SQL Server 2014 inclui, tecnologias de alta disponibilidade abrangentes que agora se estendem perfeitamente no Windows Azure para tornar aceitáveis os níveis de acordos de serviço para cada aplicação e ao mesmo tempo reduzir o CAPEX e OPEX para aplicações de missão crítica. Simplificando a backup em nuvem, a recuperação de desastres e a fácil migração para o Windows Azure Virtual Machines.

Também foi melhoraram as características AlwaysOn do RDBMS com suporte para novos cenários, escala de implantação e facilidade de adoção. Grandes investimentos foram feitos na columnstore in-memory para o desempenho e agora compressão, e isso está profundamente casado com os servidores de business intelligence e ferramentas do MS Excel para se ter insights de negócios mais rápidos.

Tags: SQL Server, SQL Server 2014, CAPEX, OPEX, RSDBMS, Data Explorer, Azure, 



LinkWithinBrazilVBAExcelSpecialist

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...