Views

Histats

Vitrine

Dashboards - Considerações para a construção de um bom Modelo.












Todos concordamos que os Dashboards permitem que Gestores e Executivos obtenham uma visão snapshot, de alto nível, do modelo de negócio no qual atuam.

Quando se trata de arquitetar e construir Dashboards, o MS Excel é uma excelente escolha. Sim, podemos criar bons e poderosos Dashboards graças a recursos como as tabelas dinâmicas, fórmulas, gráficos e interfaces simples para o usuário final.

Gostaria de compartilhar algumas regras que podem fazer os seus Dashboards serem melhor desenvolvidos no MS Excel e ficarem realmente impressionantes. E essas dicas logicamente não se aplicam somente aos layouts desenvolvidos no  MS Excel.

PROJETE O SEU DASHBOARD PRIMEIRAMENTE NO PAPEL

Todos nós, acredito, corremos para o MS Excel quando queremos criar um novo Dashboard

Mas não faça isso tão rápido!

Da próxima vez que estiver projetando Dashboards, abra o seu Bloco de Notas e comece anotando. Pergunte-se:

Quem utilizará esse Dashboard?

- CEO.

- Gerente de Marketing.

- Gerente de Vendas.

- Supervisor de Controle de Qualidade?

Quais são as necessidades do Usuário que utilizará esse Dashboard?

- Tenha impressões pessoais.

- Esforce-se em entender, ou traduzir, o desejo do usuário.

- Monitore a utilização de modelos piloto do Dashboard.

 

O que o usuário não quer ver no Dashboard?

- O CEO certamente não desejará muitos detalhes.

- Um Gestor desejará algum nível de Drilldown.

Como serão priorizadas as necessidades a serem demonstradas no Dashboard?

- O que deve estar em primeiro?

- O que é menos importante?
 
Onde estarão os dados que alimentarão o Dashboard?

- Nas planilhas do MS Excel?

- Em um Banco de Dados Oracle?

- Em um Banco de Dados MySQL?


Quantas vezes o Dashboard será atualizado?

- Diariamente.

- Mensalmente.

- Semestralmente.

- Anualmente.

- Raramente.

Existe algum layout do Dashboard a seguir?

- Algum esquemas de cores corporativas.

- Citações.

- Logomarcas.

- Um estilo como um Infográfico.

Assim que tiver respondido estas perguntas, é hora de criar a primeira versão do seu Dashboard.

Comece a desenhá-lo, faça um esboço de como seu painel ficará.

Discuta-o com os usuários.

Refine-o.

MANTENHA TODA A ESTRUTURA DO DASHBOARD FLEXÍVEL

Lembre-se: Ao projetar os seus Dashboards, não coloque toda a estrutura deste na mesma planilha (na mesma aba). Esse é um erro clássico de principiantes que causa muita dor de cabeça.

- Mantenha os dados em uma aba.

- Coloque as fórmulas de cálculos em outra aba.

- Por fim, desenvolva o Dashboard propriamente dito. Aplique o layout, cores e efeitos finais nesta última aba.

Aplicando estas sugestões conseguirá manter a estrutura flexível, e possíveis mudanças poderão ser feitas rapidamente.

PRINCÍPIOS DOS QUAIS NÃO ABRIR MÃO

1ª Regra - CONTRASTE: O contraste é importante para destacar as informações.

Tamanho e cor da fonte.

Gráficos que demonstram resultados em direções distintas.

2ª Regra - REPETIÇÃO: Aplique o modelo do projeto em todas as coisas relacionadas.

Os tipos de Fontes, fará com que a performance seja melhor.

Use os mesmos formatos de gráficos

Harmonize o mesmo tamanho para todas as caixas de texto

3ª Regra - ALINHAMENTO: Seja detalhista e zeloso. Alinhe as margens de cada objeto, sem exceções

4ª Regra - PROXIMIDADE: Mantenha as coisas relacionadas próximas umas das outras.

Esse cuidado correlacionará automaticamente as informações.

Esse cuidado aparentemente irrisório tornará a sua comunicação melhor, pois dará sentido as informações que está apresentando.


USE CAIXAS DE TEXTO E FORMAS (OBJETOS DE IMAGEM)

Seja diferente: A criatividade é algo que se destacará em meio a tantas soluções disponíveis. Sim, não utilize apenas as massantes células do MS Excel como todo mundo faz!

Felizmente podemos usar caixas de texto e as Formas de desenho para termos uma variedade infinita de combinações nos nossos dashboards.

E ainda mais! Podemos interligá-los às células para que possam mostrar os valores.

COPIE GRANDES EXEMPLOS

Seja HUMILDE: A criatividade pode não ser o que temos de melhor. Existem inúmeros Dashboards muito bem desenhados por aí.

Então da próxima vez que desejar criar um, basta copiar as idéias de design disponíveis.





Lembre-se, é muito melhor e mais rápido copiar um layout, uma ideia pronta, do que re-inventar a roda.

Apenas certifique-se de personalizar o Dashboard para que ele aborde todas as informações necessárias apontadas no primeiro item deste post.


Tags: regra, layout, modelo, dashboard, 


LinkWithinBrazilVBAExcelSpecialist

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...